Para Atingir Minhas Metas, Devo Excluir Alimentos?

É comum pensar que substituindo um alimento por outro "dito" mais saudável, teremos uma alimentação nutricionalmente mais equilibrada. Só que não é bem assim. Podemos nos equivocar!

É comum pensar que substituindo um alimento por outro “dito” mais saudável, teremos uma alimentação nutricionalmente mais equilibrada. Só que não é bem assim. Podemos nos equivocar!. 🤔
Um exemplo disso, é a exclusão de alimentos que trazem conforto e satisfação por uma versão light que nada lembra o original.
Sabor também é importante! Escolher o alimento pensando apenas na sua “possível” propriedade nutricional é viver um falso controle, é um risco para sua saúde física e mental.
.
Comer o alimento ou a preparação que gostamos com satisfação, saboreando cada mordida é prazeroso, saudável (na maioria das vezes, contém menos aditivos) e faz bem para a alma e para a saúde do bolso, pois os “ditos saudáveis e fitness” são apelativos e mais caros.
É o que nós do @alimentarcomciencia acreditamos e pregamos.
Veja alguns exemplos de escolhas equivocadas que separamos para você:
Paçoca Diet – muitos ingredientes, muito sódio, adoçantes e aditivos. Paçoca Comum poucos ingredientes: amendoim, sal e açúcar.
Requeijão – muitos ingredientes, aditivos, muito sódio. Ingredientes exclusivo da industria. Queijo cremoso tipo Colhada seca: pouco ingredientes, ingredientes comuns e apenas 1 conservante.
Lembre sempre: comer bem é comer o que gostamos!
Texto redigido pelas nutricionistas
@dianemesquitanutricionista
@marilizetamanininutricionista
@thaisfiurst
@nutricionistaperla

© Copyright 2021 Diane Mesquita Nutricionista | Desenvolvido por Loooping

%d blogueiros gostam disto: